sexta-feira, 21 de março de 2008

Família, família... Mamãe, papai, titia.

Não importa a época

Não importa o lugar


Família é tudo igual.

Hoje me deparei com uma dessas pérolas cotidianas que a gente esquece de se levantar pra reclamar.

Visto que já se passou metade do feriado e eu ainda não fiz nada, achei que seria no mínimo saudável chamar um amigo pra passar a noite aqui em casa.
Confiante de que não seria nenhum problema, me dirigi até a sala, onde se encontrava toda a minha família, para pedir a bendita autorização aos meus pais. Com o estress a flor da pele, minha mãe soltou um daqueles "Não" que te deixa momentaneamente sem reação. Após breves instantes para me recompor, perguntei "Por quê não?".

Ela relutou. Se não fosse o fato de estar assistindo a um filme e querer e livrar logo de mim, acredito que ela nem teria respondido.

"Porque hoje é sexta-feira santa."

Puta que pariu, hoje é sexta-feira santa. Se a minha família fosse religiosa e comparecesse a igreja ao menos uma vez por mês, eu entenderia isso. Mas não, a última vez que pisamos numa igreja foi... Cacete, eu nem lembro da última vez que pisamos numa igreja.

Ou então se eles fizessem alguma espécie de ritual de sacrifício ou jejum na merda da sexta-feira santa... Mas não, nada! O pensamento atrasado dos meus pais se limita a prender toda a família em casa em pleno feriado para, pasmem, assistir Tropa de Elite. E se você tentar argumentar qual é a lógica disso, eles ficam simplesmente desnorteados e se fecham num casulo de grosseria e dissimulação para proteger seus eternos dogmas familiares desconexos.

Mas eu não estou postando pra reclamar disso.
Depois do episódio, me peguei pensando nas várias pérolas de família. Acompanhe.


Piercings e tatuagens.Não estou falando daquela mulecada de 12, 13 anos que insiste em meter um piercing escondido atrás da sobrancelha direita por quê seus outros amigos delinqüentes assim o fizeram. Eu até concordo quando alguém diz que eles não sabem pensar por si mesmos.

Tô falando do pai dominador que renega o filho de 20 anos por causa de uma tatuagem de leão na batata da perna. Será possível que o cara não entenda que a batata da perna é do muleque, e não dele?
Caramba, que diferença isso vai fazer pra vida dos outros!? Um muleque de 20 anos já deve ter feito tanta merda na vida e o cara ainda se encuca com uma tatuagem ou piercing?!
Esse episódio é típico de pais pobres que sonhavam em ter um filho quarenta vezes mais rico que eles e ficam sempre repetindo a velha história "Ah, no meu tempo não tinha mordomia de graça não... No meu tempo eu tinha que andar 400 quilômetros a pé pra escola todo dia carregando meus trinta irmãos nas costas. Ah, vocês são mal acostumados"


Domingão em família.

Crianças gritando e chutando umas as outras, tiozões gritando e rindo alto enquanto falam de futebol, titia fulana reclamando da vida pra titia fulana, que tá doida pra contar a fofoca sobre o fulanelson. Alguém fuma a um canto, cachorros derrubam pratos da mesa, jovens desocupados jogando baralho... Domingão em família pode ser a maior perda de tempo do mundo, ou uma experiência incrivelmente interessante se você prestar atenção.
Sem mais comentários sobre isso, acho que vocês já entenderam.


O cachorro.
"AAAAAAH! Que bunitinho! Quem é o totó da mamãe? Vem cá, vem. AAI, OLHA QUE FOFO O QUE ELE TÁ FAZENDO NA MINHA PERNA! Meu Deus, o que ele tá fazendo na minha perna? Hehehehehe, bunitinho!"

E o nome? Lessie, Rex, Thunder, Angelia Jolie, Barbie, Sandra...
Depois vem um cientista bitoladaço e diz que animais são estúpidos. Também, né?


Carreira.

Esse tem maior incidência no nordeste. O cara passa a vida inteira enfiando na cabeça da criança que ele(a) vai ser médico(a) quando crescer.
O pior, o pirralho acredita.
Tá aí, tudo quanto é primo lá no nordeste virando doutô. Vamo ver se dura...


Por aí vai... Reconheceram algum caso?

Ah, permita-me deixar aqui o que eu sempre ouço do meu pai e até hoje tento entender.
"Sai desse computador e vai ver TV."

5 comentários:

Danilo disse...

PIor que é verdade, minha mãe me fala toda hora, nossa Danilo você é um garoto tão inteligente, saia da frente desse computador e venha ver TV.


Oo

Ou as vezes Danilo vc tem que parar de ficar na frente do computador e estudar, vc precisa fazer todos os exercicios de casa A e B, pra de destacar.
Eu não entendo porque as mães não ficam felizes mesmo quando se é o melhor da classe..... vai entender.....

Jean Perigoso disse...

ah do meu pai eu entendo ele me tira do computador pra ele mexer e me manda pra tv e quando quer ver tv me manda pro computador ou me manda procura minhas emoxinhas
mas se nao for por isso realmente nao tem explicação..........]

Gam disse...

Não é por isso, com certeza. xDD

Realmente não tem explicação.

Jean Perigoso disse...

entao concordo com voce gam
xD

Luå disse...

Antes fosse "Largue esse computador e vá ler um livro" lol
Bem, a morsa do outro post me lembrou isto:
http://image.uncyc.org/pt/0/01/Piada_forcada.gif

XDDDD